Acabaram os dias da semana das estrelas e inclusive a segunda parte da temporada regular já retornou. Foram dois dias bem legais, que dá um pouco de descanso para os atletas. O primeiro dia é o Home Run Derby e o jogo com os atletas que os torcedores mais votaram para jogar vem logo no outro dia. Curtiu? Se divertiu? Muito bacana, né?! Mas ainda tem mais diversão vindo aí. Agora é a hora da gente se deliciar com as trocas da MLB. Olho no Kansas City Royals, que vai ter uma penca de jogadores virando agentes livres em 2018 e talvez role uma troca aí.

Algumas contratações que acontecem são pouco conhecidas. Rolam muitas negociações de arremessadores de relevo, que a gente não conhece bastante. Mas já aconteceu uma troca grande. José Quintana, arremessador titular, foi trocado dos White Sox para os Cubs. O canhoto permanece em Chicago, mas agora jogará para os atuais campeões. Contratação de peso, para quem vem fazendo uma temporada bem medíocre. Os meias brancas receberam dois prospectos de peso para efetuarem a transação.

Agora é olho nos Royals, campeões da Série Mundial em 2015. O time pode fazer algumas trocas malucas para times desesperados em vencer este ano. Nomes como Eric Hosmer, Alcides Escobar, Lorenzo Cain, Mike Moustakas e Jason Vargas são algumas das caras que em 2018 já poderão negociar com outras equipes e testar o mercado. O mais certo seria os Royals trocarem esses caras por algumas peças para encaixar no elenco.

Mas não fique tão animado, torcedor. A chance de conseguir uma ótima troca é bem pequena. Aliás, dificilmente veremos um time querendo pegar um jogador só para atuar na pós temporada e depois ter que brigar por ele no mercado. É claro que pode acontecer. Em 2014 os Athletics fizeram isso com Yoenis Cespedes e Jon Lester. Ambos jogadores só fizeram parte do time na reta final da temporada regular e nos playoffs. Não conseguiram chegar muito longe, mas o esforço foi válido.

Hosmer, Escobar e Cain são ótimos jogadores defensivos. Moustakas é um canhão calibrado. Vargas tem mostrado grande qualidade como um arremessador titular. Ou seja, são peças que qualquer time estaria disposto a pegar. Mas talvez não pelo mesmo preço de troca que vimos envolvendo a negociação de Quintana saindo dos White Sox para os Cubs.

Vou ser chato e repetitivo: me divirto com qualquer coisa que envolva o beisebol. Não exagero quando falo dessa forma. E me divirto bastante com as trocas na MLB, além de gostar muito de ver uma cara nova vestindo uma camisa diferente. Tomara que seu time consiga boas transações, ou que consiga aquele prospecto com enorme futuro. Não que eu tenha poder para tal, mas declaro aberta a temporada de trocas da MLB! Divirtam-se!