A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Colunas / A proximidade do fim

A proximidade do fim

Albert Pujols chegando aos 600 home runs foi um dos momentos da temporada. (Foto: Getty Images)

A temporada regular da MLB chegou ao seu fim e, se seu time não conseguiu uma vaga na pós-temporada, agora é esperar até que fevereiro chegue o mais rápido possível, para o início da pré-temporada. Mas não tem como ficar triste com a proximidade do fim de mais uma temporada da MLB. Este ano foi um dos mais espetaculares que já acompanhei e, com toda a certeza, deve ter ajudado para aquele novo fã se apaixone mais pelo esporte. Imagine agora o que a pós-temporada tem a nos oferecer?

Foi uma temporada cheia de surpresas, cheia de interações, cheia de novidades e cheia de quebras de recordes, uma delas a quebra do recorde do ano de 2000 de mais home runs rebatidos coletivamente em uma temporada. E ainda tem os playoffs. Falando em home runs, como não achar divertido quando o arremessador isola a bolinha? Alguns ainda não gostam, mas temos Madison Bumgarner, ace do San Francisco Giants, pra mostrar que isso pode ser divertido sim. O arremessador rebateu dois no jogo de abertura.

Também tivemos no-hitter de Edinson Volquez, do Miami Marlins, que deixou apenas dois rebatedores do Arizona Diamondbacks chegarem em base através de caronas, nenhuma rebatida e 10 strikeouts. Foi o único na temporada, e, mesmo que alguns digam que esse tipo de feito é superestimado (eu sou um deles), é inegável que seja algo muito divertido de se acompanhar.

 

Fomos presenteados também com o home run de número 600 da carreira do indomável Albert Pujols, que hoje atua pelo Los Angeles Angels. A fatídica marca veio após isolar a bola com as bases recheadas. Atualmente ele está em 7º na lista dos maiores rebatedores da história da liga e ano que vem pode subir essa escada. O fã que pegou a sua bolinha teve a oportunidade de conhecer a lenda e entregar a bolinha ao rebatedor.

 

Falando em fãs, a temporada foi repleta de demonstração de carinho e apoio por parte deles. Este que vos escreve tentou retratar alguns dos momentos mais bonitos por parte dos fãs. Aqui falei um pouco da recepção de Ichiro Suzuki em sua volta para Seattle. Aqui falando um pouco dos fãs mirins, que tomaram os estádios esta temporadaE aqui falando do arremessador mais carismático da MLB e sua volta à Nova Iorque. Agora veja essa fã do Houston Astros, que levou biscoitinhos para o seu jogador número 1, George Springer. Mas não era uma fã comum. Era a professora do jardineiro externo na primeira série. Coisa mais fofa.

 

Tirando aqueles momentos de pura selvageria e ódio, a temporada da MLB foi bem bacana e cheia de emoção. Tomara que você, amante antigo do esporte, tenha se deliciado tanto quanto eu e que você, novato, tenha se sentido mais atraído por este esporte maravilhoso. Mesmo que eu esteja falando em tom de despedida, não vá achando que acabou. Agora vem a parte mais deliciosa da temporada da MLB: os playoffs! Mesmo que seu time não esteja envolvido, assista. O meu Philadelphia Phillies não está, mas com certeza vou assistir todos os jogos e me emocionar bastante. Divirtam-se!

Sobre Marcelo Camelo

Veja também

Turner foi decisivo para os Dodgers, impulsionando todas as corridas do time neste jogo 2 da NLCS. (Foto: Getty Images)

29 anos depois de Gibson, Turner rebate walk-off home run para dar vitória aos Dodgers na NLCS

Em partida nervosa, Dodgers e Cubs ficaram empatados até a nona entrada, quando Justin Turner decidiu com um walk-off 3-run home run para dar a vitória (e a segunda vitória na NLCS) ao time angelino

'