A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Beisebol Internacional / Masaichi Kaneda, “O Imperador” que é considerado o melhor arremessador da história do Japão

Masaichi Kaneda, “O Imperador” que é considerado o melhor arremessador da história do Japão

Foto autografada por Kaneda (KYODO)

Não é novidade para ninguém saber que o beisebol japonês possui uma história riquíssima e jogadores lendários, como Eiji Sawamura, Sadaharu Oh, Tsutomu Wakamatsu e tantos outros nomes. E entre os jogadores lendários do beisebol japonês, o arremessador canhoto Masaichi Kaneda, “O Imperador”, foi um um dos que mais se destacou.

kanedaMasaichi Kaneda nasceu no dia 1º de Agosto de 1933, em Heiwa, Prefeitura de Aichi, no Japão. Kaneda é nascido no Japão, mas é filho de sul-coreanos, e seu nome em sul-coreano é Kim Kyung-Hong. Desde muito jovem, Kaneda demostrava muito talento arremessando, e a sua história começa em 1950, quando tinha apenas 17 anos.

Em 1950, o rebelde Masaichi Kaneda abandonou o Ensino Médio (Colegial) para se juntar ao time de beisebol Kokutetsu Swallows (atual Tokyo Yakult Swallows). Na época, o Kokutetsu Swallows era o time mais fraco da NPB e, ainda assim, Kaneda se destacou.

Nos dois primeiros anos de sua carreira, Kaneda sofreu com o controle dos arremessos, mas logo foi aprimorando sua técnica e, mesmo sofrendo com o controle dos arremessos, foi de longe o melhor arremessador da NPB. Sendo que em setembro de 1951, arremessou um no-hitter contra o Osaka Tigers.

A partir de 1953, Kaneda começou a ser mais soberano ainda no montinho. O controle dos arremessos já não era mais problema, e com bolas rápidas fulminantes e uma curveball praticamente impossível de ser rebater, ele reinou absoluto nos montinhos do Japão por mais de 13 temporadas.

Kaneda sempre foi um jogador polêmico, considerado por muitos um jogador marrento e falastrão. Na época, as pessoas que gerenciavam a NPB tinham grande antipatia por Kaneda e, mesmo ele sendo o líder em strikeouts, não recebeu em nenhum ano o prêmio Eiji Sawamura, dado ao melhor arremessador da temporada. Muitos afirmam que o canhoto sofria tanta antipatia por ser de etnia sul-coreana. Mas na temporada de 1956, com um inacreditável ERA de 1.33, doze shutouts e dois no-hitters, ele recebeu o tão cobiçado Eiji Sawamura Award, e isso se repetiria nas duas temporadas posteriores, em 1957 e 1958.

masaichiEm 1957, em outra partida contra o Osaka Tigers, Kaneda arremessou o quarto jogo perfeito da história da NPB, e o primeiro com as regras atuais. Em 1958, na estreia do lendário Shigeo Nagashima pelo Yomiuri Giants, Kaneda o eliminou quatro vezes por strikeout. E em 1959, na estreia de outra lenda, Sadaharu Oh, também pelo Yomiuri Giants, Kaneda o eliminou três vezes por strikeout. Em mais um jogo contra o Osaka Tigers, o campista Masayasu Kaneda (nenhuma relação parentesca) se queixou da bola incrivelmente rápida de Masaichi Kaneda, alegando que o montinho estava mais próximo dos batter’s box do que o que manda a regra, obrigando o umpire a medir a distância com uma fita métrica. Depois de constatado que o montinho estava na distância correta, Kaneda sugeriu ao umpire que para eliminar o Masayasu, ele não se importava de arremessar da segunda base. Na época de Kaneda, não existia o Radar Gun, mas acredita-se que ele arremessava bolas rápidas na média das 102 mph.

Kaneda é considerado o “Rei do Strikeout”, pois possuía arremessos muito bem controlados, sendo o jogador que mais aplicou strikeouts em toda a história do beisebol — incrível marca de 4.490 strikeouts em 5.526 entradas. Para se ter uma ideia da dimensão disso, Cy Young tem em sua carreira 2.803 strikeouts em 7.356 entradas. Vale ressaltar que os strikeouts não eram tão “fáceis” de ser conseguidos como hoje, e os números de Kaneda são superiores aos de vários bons arremessadores da era moderna. Os feitos de Kaneda são tão grandes que ele recebeu o apelido de “O Imperador”.

No começo da década de 1960, Kaneda começou a sentir dores no ombro esquerdo originadas da imensa pressão que colocara durante sua carreira, e ali seu rendimento começou a cair. Atuando pelo fraco Kokutetsu Swallows, de 1950 a 1964, Kaneda nunca tinha chegado a uma pós-temporada sequer. E em 1965, se tornou agente livre, e assinou um contrato com o poderosíssimo Yomiuri Giants. Agora, o time mais forte da NPB tinha o melhor arremessador. E naquele ano de 1965, seria o primeiro de uma das maiores hegemonias do esporte.

kaneda-giantsSendo o detentor da camisa 34, Kaneda se tornou o ace do Yomiuri Giants, e se sagrou campeão da Japan Series por cinco temporadas seguidas (1965 a 1969). E em 1969, quando já não era mais o ace do Giants, depois de se tornar o primeiro e único pitcher a conseguir 400 vitórias na NPB, ele receberia uma homenagem no fim daquela temporada. Kaneda arremessou no segundo jogo da Japan Series contra o Hankyu Braves, vencido pelo Giants. E depois da conquista da Japan Series, se despediu do montinho — sua camisa 34 foi aposentada e imortalizada na história da franquia.

A grandiosíssima carreira de Kaneda também inclui ERA de 2.34, três jogos perfeitos, nove no-hitters e 82 shutouts. Ele também atuou em 944 jogos, tendo 400 vitórias e 298 derrotas, 365 jogos completos, foi o líder em strikeouts por 10 temporadas, teve o melhor ERA em três temporadas, recebeu três vezes o prêmio Eiji Sawamura Award e cinco vezes campeão da Japan Series.

O Imperador também tinha um bom aproveitamento no bastão, sendo até pouco tempo, o arremessar com mais home runs na história da NPB, com 36. Kaneda foi ultrapassado em 2016 pelo ace do Hokkaido Nippon-Ham Fighters, Shohei Otani, que hoje tem 40 home runs. Como sempre foi um jogador polêmico, Kaneda também é o arremessador com mais expulsões na NPB, oito no total, e o segundo jogador com mais expulsões, ficando atrás apenas de Tuffy Rhodes, que tem nove.

Depois de se aposentar como jogador, Kaneda começou sua jornada como treinador do Lotte Orions (atual Chiba Lotte Marines), em que comandou de 1973 a 1978, sagrando-se campeão da Japan Series em 1974. Em 1988, Kaneda foi inserido no Hall da fama do beisebol japonês. E de 1990 a 1991, voltou a ser o treinador do Lotte Orions.

Kaneda também serviu de inspiração para o mangaká Mitsuteru Yokoyama, autor do mangá Tetsujin 28-go. O protagonista da história, Shotaro Kaneda, teve o nome inspirado no lendário arremessador. Muitos consideram Kaneda como o melhor arremessador de todos os tempos. Hoje, ele Kaneda está com 83 anos.

Sobre Raul Bismarck

Brasiliense, formado em Sistemas de Informação, fã de beisebol e futebol. Torcedor fanático do Fluminense, do Boston Red Sox e do Hokkaido Nippon-Ham Fighters. E um grande fã de animes e mangás.

Veja também

Thyago Vieira foi o representante brasileiro no Futures Game. (Foto: Getty Images)

Com bola de 101mph, Thyago Vieira é destaque no Futures Game

Reliever brasileiro Thyago Vieira arremessou oito bolas de pelo menos 100mph e foi um dos destaques do Futures Game, evento que faz parte do All-Star Game

'