A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Colunas / Não mude nunca, Adrián Beltré

Não mude nunca, Adrián Beltré

Beltré está a uma rebatida de entrar no clube dos 3000. (Foto: Getty Images)

Adrián Beltré é uma das personalidades mais legais que existe atualmente no beisebol. Sempre muito engraçado, faz questão de mostrar o tanto que se diverte enquanto joga. Se você ainda não o conhece, por favor, assista uma partida do Texas Rangers e delicie-se. A mais nova do terceira base foi mover o círculo que delimita a área que o próximo rebatedor a ir ao bastão deve ficar. O umpire Garry Davis não gostou nenhum um pouco da atitude do jogador (apesar de quase ter aberto um sorriso quando viu a cena) e o expulsou da partida imediatamente.

Dono de um swing potente, que por muitas vezes o faz ficar de joelhos quando termina o movimento da rebatida, Beltré é um dos jogadores que mais se diverte jogando beisebol. Faz graça em eliminações, quando está no bastão, quando tenta marcar um corredor, quando está em base… é uma peça rara.

Sua última peripécia foi não acatar a ordem do umpire, que pediu para ele ficar no lugar correto para esperar sua vez de ir ao bastão e arrastar o círculo que delimita a área para onde ele estava. Cá entre nós, não existe uma regra no beisebol que não permita o jogador de fazer isso. O jogo já estava resolvido e tudo que Beltré queria era ficar naquele lugarzinho pra aquecer. O umpire podia ter um pouco mais de compaixão, né não?!

A temporada do futuro membro do Hall da Fama vem sendo razoavelmente boa, apesar de apenas ter jogado 49 partidas no ano, e pode sim ajudar os Rangers a conquistar uma vaga nos playoffs deste ano, apesar de muito difícil. Mas o que a gente está mesmo esperando é que ele se junte a Ichiro Suzuki, Derek Jeter, Alex Rodriguez, Hank Aaron, Pete Rose e outros… na sucinta lista daqueles que conseguiram 3000 rebatidas na carreira. E que ninguém tire o seu capacete e o congratule com um tapinha na cabeça, ok, Elvis Andrus?

Sobre Marcelo Camelo

Veja também

podcast_2016

Bunt y me voy #22 – as loucuras de outubro

Nesta edição de “Bunt y me voy”, Thiago Stabile analisa as partidas decisivas das séries …

'