Dusty+Baker+Pittsburgh+Pirates+v+Cincinnati+IEHHrnB2o2Bx

Dusty Baker no seu último trabalho como manager no Cincinatti Reds. (Foto: Getty Images)

A terça (03) começou com o anúncio de que Washington Nationals contratou um novo manager: Dusty Baker. Baker era considerado um dos dois finalistas a vaga dos Nats juntamente com Bud Black. Enquanto que o favorito era Black, este e a franquia não conseguiram chegar a um acordo financeiro e o negócio não foi concretizado. Com isso, o caminho para Baker ficou aberto e hoje se confirmou.

Baker trabalhou pela última vez como manager na MLB com o Cincinatti Reds de 2008 até 2013. O contrato é válido por pelo menos duas temporadas já que o acordo vazou para a imprensa como sendo um contrato de “múltiplos anos” e ainda não se sabe os valores acordados entre as partes, mas é sabido que envolve vários “incentivos” por performance.

Dusty comandou seus times a uma porcentagem de vitórias de 52,6% em 3175 jogos comandados na MLB e os Nationals serão a quarta franquia que ele será o manager. Ele possui cinco títulos de divisão e sete idas à pós-temporada com uma ida a World Series de 2002 com o San Francisco Giants em que ele saiu derrotado em sete jogos.

O front-office da franquia espera que Baker coloque ordem nos vestiários depois de um 2015 bem conturbado e coroado com a briga entre Bryce Harper e Jonathan Papelbon ao final da temporada. Entretanto, Baker é amplamente criticado pela impressa por más decisões durante os jogos. Com os Cubs por diversas vezes ele foi criticado por “usar demais” os jovens arremessadores da franquia e certamente será algo que também deve ser problema nos Nats com os proeminentes a contusões Gio Gonalez e Stephen Strausburg.