Nesta quarta-feira (2), Andrew McCutchen deu uma entrevista coletiva que causou um pouco de alvoroço no meio beisbolístico. Perguntado sobre as movimentações do Chicago Cubs, rival dos Pirates na divisão central da Liga Nacional, comparada com a displicência da sua equipe em não trazer ninguém, o camisa 22 foi franco: “Nós não fizemos muito. É isso que penso”. Não achou ruim o fato de não ser envolvido em nenhuma troca, mas sim o fato do time não ter mostrado interesse em brigar por uma vaga nos playoffs da temporada. E é bastante compreensível.

O Pittsburgh Pirates atualmente tem 53 vitórias e 56 derrotas e está bem longe de conseguir uma vaga na pós-temporada. Entretanto, McCutchen não gostou da postura do GM Neal Huntington em não trazer nenhuma peça para incrementar o plantel da equipe. Foi também questionado sobre o que ele pensa do General Manager e sobre a opção de não trazer nenhum atleta, e o jardineiro rebateu a pergunta: “Não sei. Não é meu trabalho. Vamos tentar trabalhar com o que a gente tem aqui. Isso é o trabalho de outra pessoa, não meu”.

Sempre no meio de especulações de trocas nos últimos anos, principalmente depois de ter se firmado na atual temporada, McCutchen preferiu ficar e ajudar o time que o draftou no ano de 2005. No ano passado teve dificuldades e não tão produtivo, mas agora parece que voltou com tudo e queria estar na briga pelos playoffs. Mas parece que este ano vai ficar só na temporada regular.

O jardineiro já está quase no auge dos seus 31 anos, mas ainda com muita vontade em competir. Talvez não seja pelo Pittsburgh Pirates que ele vá mais uma vez participar de uma pós-temporada e a sua relação com o gerente do time já não deve estar bem. Em 2018, McCutchen pode virar agente livre, caso o time não assine os termos e então poderá testar o mercado e quem sabe assinar com uma equipe que irá saciar sua sede por competição.