A-Rod chega ao lado do narrador Matt Vasgersian para compor a equipe de transmissão do SNB junto de Jessica Mendoza

Alex Rodríguez sempre foi uma figura polarizante. Desde sua ascensão meteórica com os Mariners no início do século XXI até o apogeu no New York Yankees, ele se tornou o jogador mais midiático do beisebol até se envolver no escândalo do caso Biogenesis, onde foi o principal punido no esquema de doping descoberto pela MLB. Quando encerrou a carreira, praticamente forçado, em 2015, não se imaginava que em pouco tempo ele também conseguiria se tornar um dos grandes astros da mídia esportiva americana.

Após duas temporadas como destaque dos programas e transmissões de beisebol da Fox Sports americana, A-Rod agora fará parte da nova equipe de transmissão do Sunday Night Baseball, da ESPN, em acordo histórico que permitirá com que ele comente as partidas do SNB durante a temporada regular da MLB e continue fazendo aparições nos programas da Fox durante os playoffs, marcando um acordo inédito de compartilhamento de talentos entre duas companhias rivais (ou quase — voltaremos a isso logo) no ramo.

O mais importante da chegada de A-Rod (e do ótimo Matt Vasgersian na narração) é que provocará um aumento de interesse muito necessário ao SNB. Os índices de audiência vêm em decréscimo desde 2014 (na última temporada, houve um aumento de 10% em relação ao ano anterior, mas os números não chegam nem perto aos do começo do declínio), mesmo com os times dos grandes mercados tendo sucesso. A figura midiática de Rodríguez, aliada com a sua surpreendente familiaridade aos microfones, complementando o trabalho da ótima Jessica Mendoza, grande destaque da cabine de transmissão nas últimas temporadas, atrairá novos olhares para o “America’s Game of the Week”.

O grande fator do acordo é que a ida de A-Rod para a ESPN é o primeiro de muitos movimentos de compartilhamento mútuo que deverão se dar entre as empresas do Grupo Disney com a Fox. Em dezembro passado, o conglomerado do Mickey fechou a aquisição de uma grande fatia dos negócios da 21st Century Fox por US$ 52,4 bilhões. De acordo com Michael McCarthy, do Sporting News, o acordo para levar A-Rod para a ESPN só foi possível por causa da fusão. No âmbito esportivo, as emissoras regionais do Fox Sports (que são responsáveis pela transmissão de mais da metade dos times da MLB) passarão a ser propriedade da Disney, enquanto os canais nacionais Fox Sports 1 e 2 continuam no status quo.

Com o Sunday Night Baseball ganhando sangue novo em 2018, o beisebol só tem a ganhar. E, pessoalmente, estou na expectativa para ver como se dará o encaixe entre A-Rod e Mendoza. Descobriremos no Opening Day, em 29 de março; essa será a estreia da nova equipe do SNB, já transmitindo o clássico californiano entre Giants e Dodgers.